domingo, 31 de janeiro de 2016 0 comentários

Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo - Dan Splitz (ex-Anthrax)



Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo.

Dan Splitz é ex-guitarrista da grande banda "Anthrax".

O ex-guitarrista do ANTHRAX Dan Spitz postou a seguinte mensagem em sua página do facebook em janeiro de 2013:

"Jesus é a razão de eu ainda respirar.
Os médicos de coração dizem que eu devia estar morto.

Eu tive um ataque cardíaco há alguns anos e uma de minhas principais artérias estava 98% fechada. Eu tenho stenters (próteses cardíacas) hoje.

Sou abençoado por respirar e sentir o amor de todos, sou abençoado por conhecer adversidades e derrotá-las, sou abençoado por reconhecer traições e conseguir seguir em frente, eu sou abençoado por ainda ter meu coração para aliviar minha dor.

Jesus me fez como sou e como serei. Não tenho ideia de onde ele vai me levar. Tudo que sei é que eu ando movido pela fé e não pelos meus olhos. Ando devagar. Ele me mostrará se posso continuar seguindo firme em seu caminho e seus passos em sua grande caixa de areia que eu brinco. Somente isso."

Fontes:http://whiplash.net/materias/news_831/170698-anthrax.html#ixzz3yZh9qYxk

Curtam a página do cara:
https://www.facebook.com/danspitzofficial

Após a saída do Anthrax:

"Splitz, formou uma banda chamada "Red Lamb" que conta com o Dave Mustaine na banda. Dois ícones do Thash Metal Mundial, dois ótimos guitarristas, agora cristãos confessos na mesma banda. Imagina?"

Saquem o som do Red Lamb:
https://www.youtube.com/watch?v=KEl-takDvHM
Álbum completo:
https://www.youtube.com/watch?v=LaY3K2lVcCQ

Curta a página da banda:

https://www.facebook.com/redlamb/
0 comentários

Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo - Blackie Lawless (W.A.S.P)

Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo

Continuando a série "Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo". Hoje apresento essa grande figura, o (vocalista/guitarrista/líder) da grande banda
" W.A.S.P".

Blackie Lawless: O líder do W.A.S.P. deixou a igreja aos 18 anos, filho de pastor batista [1]mas retornou tempos mais tarde. Desde então, se recusa terminantemente a tocar o primeiro single de sua banda, a controversa “Animal (Fuck Like A Beast)”, devido a sua letra explícita.
Certa vez em uma entrevista perguntaram ao Blackie:
Sobre não tocar mais "Animal (Fuck Like A Beast)" ao vivo:

Blackie: "Nós não tocamos essa canção por vários anos. E é totalmente por causa da minha fé religiosa, e é algo que eu não quero mais fazer, e eu nunca vou tocar essa canção novamente.

O que eu posso fazer para ser uma influência positiva? Eu olho para o que estou fazendo e estou tentando criar o melhor exemplo que posso. Eu não quero jovens de 13 anos andando por aí cantando essa canção. Se for algo que eles quiserem fazer mais adiante em suas vidas, isso é assunto deles. Mas, como eu disse, é uma questão de fé e da convicção religiosa que eu tenho."

"Alguém me perguntou isso um dia desses. Eles disseram, 'Você agora é um pregador rock and roll?' Eu disse, 'Não. Mas eu sou um mensageiro.' E esse é o meu trabalho. Então tudo o que eu fiz até este ponto me levou aonde estou agora". [2]


Em umas das declarações recente do Blackie Lawless, ele afirmou que:
"[...] que professa sua fé em Jesus Cristo e no que está escrito na Bíblia e nada mais.

 "Dizem que a bíblia foi um livro escrito por homens. Pode ser verdade, mas são 66 livros escritos por 40 autores diferentes num período de 200 anos em três continentes diferentes, e a maioria dos autores não conheciam uns aos outros, mas um finaliza a sentença do outro. É impossível que qualquer homem tenha escrito isto sem inspiração divina". [3]

Com a conversão do B.L, as temáticas das letras do W.A.S.P, mudaram. No álbum "Babylon" é abordada a temática sobre o livro bíblico do Apocalipse. E no álbum mais recente "Golgotha", as temáticas que aborda o cristianismo de forma positiva, continuam.

Ficamos felizes, por mais um alma ter depositado sua fé e esperança em Cristo Jesus. E você aí pensando, que um rockeiro/metaleiro/Headbanger, não pode ser cristão?



Fontes:
http://whiplash.net/materias/news_797/234094-megadeth.html#ixzz3ys1dJu8F [1]
http://diariodorock.blogspot.com.br/2009/11/bizarro-wasp-blackie-lawless-agora-e.html [2]
http://whiplash.net/materias/news_797/233565-wasp.html#ixzz3ys1lo2I4 [3]



domingo, 10 de janeiro de 2016 0 comentários

Série: Dicas de livros cristãos- Peregrino - John Bunyan


Série: Dicas de livros cristãos-  O Peregrino - John Bunyan

Por Edy Marques

Finalmente li, este ótimo livro. A história do livro é bom e edificante do início ao fim. Mergulhar nesse jornada através da página deste livro como "peregrino", me fez pensar em minha caminhada cristã, os desafios, dificuldades, dúvidas que temos que enfrentar e a perseverança que temos que praticar durante toda esta dura caminhada.

   No caminho estreito, escolhido pelo personagem "Cristão" no livro, o mesmo enfrentou vários desafios, e uns do que mais me chamaram atenção foi a passagem pelo " Vale da Sombra e da Morte" , a batalha contra o demônio "Apoliom" e a luta contra o gigante desespero.  Onde a fé e a sua perseverança na fé  foi provada várias vezes e o mesmo confiando no seu Redentor e obedecendo-o, venceu tais batalhas. Impossível para um cristão ler e não se identificar com as inúmeras batalhas e dificuldades que acontecem nessa viagem do peregrino.

  Se você de fato se identifica como um peregrino (Hebreus 11:13, 1 Pedro 2:11), recomendo este livro pra você. "
O Peregrino" de John Bunyan, mais um livro de literatura cristã, que se torna uns dos meus favoritos.  Todo Cristão deveria ler este livro.
sexta-feira, 1 de janeiro de 2016 0 comentários

Série: Dicas de Livros Crstãos: O Grande Abismo - C.S. Lewis


Por Edy Marques


Primeiro livro lido do Ano. Em 2015 terminei minhas leituras com um livro do  C. S. Lewis, o " A Abolição do Homem" e em 2016, o primeiro livro lido do Ano foi também desse autor que tanto admiro.

Li em 1 dia "O Grande Abismo". Um Livro excepcional, de leitura super agradável.  Nesse livro, Lewis, utiliza-se de Alegorias e Fábulas, para no fim, nos ensinar uma lição/moral. Lewis ( escritor-narrador), conta uma aventura, onde o mesmo em um sonho, pega um ônibus e faz uma viagem atravessando o céu e o inferno.  Durante a viagem, encontra-se com seres sobrenaturais, onde nas cenas (purgatório)  acontecessem histórias e escolham de personagens, que nos leva a pensar e refletir sobre nossas escolhas na terra e suas consequências eternas.
Mais uma vez C.S. Lewis aborda de forma fantástica a realidade espiritual, do bem e o mal, através da ficção.

O livro é repleto de frases inspiradores que nos levam a refletir sobre nossas atitudes enquanto vivos aqui na terra. Durante o enredo do livro, alguns personagens "fantasmas" vão surgindo, com características marcantes, alguns personagens Egoístas, Mesquinhos, Incrédulos, os que se acham Sábio demais, Rancorosos, etc.  Que leva o leitor a se identificar com as atitudes dos mesmos, e repensar as nossas escolhas na terra e as consequências futuras em um sentido espiritual.

Outra coisa que Lewis, nos traz em seu livro, é o Amor de Deus em alguns personagens. O Ágape está presente de início ao fim em seu livro, impossível para um cristão ler este livro e não lembrar de algumas passagens bíblicas:  "Que [Deus] quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade." (1 Timóteo 2:4). Por este motivo, C.S. Lewis, movido pelo amor derivado de Cristo, nos deixa bem reflexivos com relação as nossas escolhas e as consequências espirituais.

  Algumas frases que me marcaram bastante nesse livro:
"Se insistirmos em manter o Inferno (ou mesmo a Terra), não veremos o céu; se aceitarmos o  Céu, não conseguiremos reter nem mesmo a menor e mais íntima lembrança do inferno" p.16

" No final das contas , existem apenas dois tipos de pessoas: as que dizem a Deus: " Seja feita a  TUA vontade"; e aquelas que Deus diz: "Seja feita a sua vontade." p.88

O próprio escritor-narrador, no final do livro, se vê diante de uma cena, onde o mesmo deve escolher o seu futuro para a Eternidade.  Eis uma pequena citação: " A escolha dos caminhos está a sua frente. Não há nada restrito. Qualquer homem pode escolher a morte Eterna e os que fizeram essa opção  vão tê-la." p.143.
E aqui lembramos de alguns palavras do meu mestre Jesus Cristo: "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem." - Mateus 7:13,14.
E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. João 17:3
(E algumas outras frases sobre a vida Eterna no livro de João: 3:16; 3:36; 6:47,68; etc)

Para não me estender mais, já que a resenha ficou um pouco extensa, rs. "O Grande Abismo", se tornou uns dos meus livros favoritos do C.S. Lewis, ao lado do " Cristianismo Puro e Simples" e " As crônicas de Nárnia".  Recomendo demais para os apreciadores de C.S. Lewis e para os que curtem uma leitura mais espiritual.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo - Dan Splitz (ex-Anthrax)



Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo.

Dan Splitz é ex-guitarrista da grande banda "Anthrax".

O ex-guitarrista do ANTHRAX Dan Spitz postou a seguinte mensagem em sua página do facebook em janeiro de 2013:

"Jesus é a razão de eu ainda respirar.
Os médicos de coração dizem que eu devia estar morto.

Eu tive um ataque cardíaco há alguns anos e uma de minhas principais artérias estava 98% fechada. Eu tenho stenters (próteses cardíacas) hoje.

Sou abençoado por respirar e sentir o amor de todos, sou abençoado por conhecer adversidades e derrotá-las, sou abençoado por reconhecer traições e conseguir seguir em frente, eu sou abençoado por ainda ter meu coração para aliviar minha dor.

Jesus me fez como sou e como serei. Não tenho ideia de onde ele vai me levar. Tudo que sei é que eu ando movido pela fé e não pelos meus olhos. Ando devagar. Ele me mostrará se posso continuar seguindo firme em seu caminho e seus passos em sua grande caixa de areia que eu brinco. Somente isso."

Fontes:http://whiplash.net/materias/news_831/170698-anthrax.html#ixzz3yZh9qYxk

Curtam a página do cara:
https://www.facebook.com/danspitzofficial

Após a saída do Anthrax:

"Splitz, formou uma banda chamada "Red Lamb" que conta com o Dave Mustaine na banda. Dois ícones do Thash Metal Mundial, dois ótimos guitarristas, agora cristãos confessos na mesma banda. Imagina?"

Saquem o som do Red Lamb:
https://www.youtube.com/watch?v=KEl-takDvHM
Álbum completo:
https://www.youtube.com/watch?v=LaY3K2lVcCQ

Curta a página da banda:

https://www.facebook.com/redlamb/

Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo - Blackie Lawless (W.A.S.P)

Série: Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo

Continuando a série "Rockeiros famosos que se converteram ao Cristianismo". Hoje apresento essa grande figura, o (vocalista/guitarrista/líder) da grande banda
" W.A.S.P".

Blackie Lawless: O líder do W.A.S.P. deixou a igreja aos 18 anos, filho de pastor batista [1]mas retornou tempos mais tarde. Desde então, se recusa terminantemente a tocar o primeiro single de sua banda, a controversa “Animal (Fuck Like A Beast)”, devido a sua letra explícita.
Certa vez em uma entrevista perguntaram ao Blackie:
Sobre não tocar mais "Animal (Fuck Like A Beast)" ao vivo:

Blackie: "Nós não tocamos essa canção por vários anos. E é totalmente por causa da minha fé religiosa, e é algo que eu não quero mais fazer, e eu nunca vou tocar essa canção novamente.

O que eu posso fazer para ser uma influência positiva? Eu olho para o que estou fazendo e estou tentando criar o melhor exemplo que posso. Eu não quero jovens de 13 anos andando por aí cantando essa canção. Se for algo que eles quiserem fazer mais adiante em suas vidas, isso é assunto deles. Mas, como eu disse, é uma questão de fé e da convicção religiosa que eu tenho."

"Alguém me perguntou isso um dia desses. Eles disseram, 'Você agora é um pregador rock and roll?' Eu disse, 'Não. Mas eu sou um mensageiro.' E esse é o meu trabalho. Então tudo o que eu fiz até este ponto me levou aonde estou agora". [2]


Em umas das declarações recente do Blackie Lawless, ele afirmou que:
"[...] que professa sua fé em Jesus Cristo e no que está escrito na Bíblia e nada mais.

 "Dizem que a bíblia foi um livro escrito por homens. Pode ser verdade, mas são 66 livros escritos por 40 autores diferentes num período de 200 anos em três continentes diferentes, e a maioria dos autores não conheciam uns aos outros, mas um finaliza a sentença do outro. É impossível que qualquer homem tenha escrito isto sem inspiração divina". [3]

Com a conversão do B.L, as temáticas das letras do W.A.S.P, mudaram. No álbum "Babylon" é abordada a temática sobre o livro bíblico do Apocalipse. E no álbum mais recente "Golgotha", as temáticas que aborda o cristianismo de forma positiva, continuam.

Ficamos felizes, por mais um alma ter depositado sua fé e esperança em Cristo Jesus. E você aí pensando, que um rockeiro/metaleiro/Headbanger, não pode ser cristão?



Fontes:
http://whiplash.net/materias/news_797/234094-megadeth.html#ixzz3ys1dJu8F [1]
http://diariodorock.blogspot.com.br/2009/11/bizarro-wasp-blackie-lawless-agora-e.html [2]
http://whiplash.net/materias/news_797/233565-wasp.html#ixzz3ys1lo2I4 [3]



domingo, 10 de janeiro de 2016

Série: Dicas de livros cristãos- Peregrino - John Bunyan


Série: Dicas de livros cristãos-  O Peregrino - John Bunyan

Por Edy Marques

Finalmente li, este ótimo livro. A história do livro é bom e edificante do início ao fim. Mergulhar nesse jornada através da página deste livro como "peregrino", me fez pensar em minha caminhada cristã, os desafios, dificuldades, dúvidas que temos que enfrentar e a perseverança que temos que praticar durante toda esta dura caminhada.

   No caminho estreito, escolhido pelo personagem "Cristão" no livro, o mesmo enfrentou vários desafios, e uns do que mais me chamaram atenção foi a passagem pelo " Vale da Sombra e da Morte" , a batalha contra o demônio "Apoliom" e a luta contra o gigante desespero.  Onde a fé e a sua perseverança na fé  foi provada várias vezes e o mesmo confiando no seu Redentor e obedecendo-o, venceu tais batalhas. Impossível para um cristão ler e não se identificar com as inúmeras batalhas e dificuldades que acontecem nessa viagem do peregrino.

  Se você de fato se identifica como um peregrino (Hebreus 11:13, 1 Pedro 2:11), recomendo este livro pra você. "
O Peregrino" de John Bunyan, mais um livro de literatura cristã, que se torna uns dos meus favoritos.  Todo Cristão deveria ler este livro.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Série: Dicas de Livros Crstãos: O Grande Abismo - C.S. Lewis


Por Edy Marques


Primeiro livro lido do Ano. Em 2015 terminei minhas leituras com um livro do  C. S. Lewis, o " A Abolição do Homem" e em 2016, o primeiro livro lido do Ano foi também desse autor que tanto admiro.

Li em 1 dia "O Grande Abismo". Um Livro excepcional, de leitura super agradável.  Nesse livro, Lewis, utiliza-se de Alegorias e Fábulas, para no fim, nos ensinar uma lição/moral. Lewis ( escritor-narrador), conta uma aventura, onde o mesmo em um sonho, pega um ônibus e faz uma viagem atravessando o céu e o inferno.  Durante a viagem, encontra-se com seres sobrenaturais, onde nas cenas (purgatório)  acontecessem histórias e escolham de personagens, que nos leva a pensar e refletir sobre nossas escolhas na terra e suas consequências eternas.
Mais uma vez C.S. Lewis aborda de forma fantástica a realidade espiritual, do bem e o mal, através da ficção.

O livro é repleto de frases inspiradores que nos levam a refletir sobre nossas atitudes enquanto vivos aqui na terra. Durante o enredo do livro, alguns personagens "fantasmas" vão surgindo, com características marcantes, alguns personagens Egoístas, Mesquinhos, Incrédulos, os que se acham Sábio demais, Rancorosos, etc.  Que leva o leitor a se identificar com as atitudes dos mesmos, e repensar as nossas escolhas na terra e as consequências futuras em um sentido espiritual.

Outra coisa que Lewis, nos traz em seu livro, é o Amor de Deus em alguns personagens. O Ágape está presente de início ao fim em seu livro, impossível para um cristão ler este livro e não lembrar de algumas passagens bíblicas:  "Que [Deus] quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade." (1 Timóteo 2:4). Por este motivo, C.S. Lewis, movido pelo amor derivado de Cristo, nos deixa bem reflexivos com relação as nossas escolhas e as consequências espirituais.

  Algumas frases que me marcaram bastante nesse livro:
"Se insistirmos em manter o Inferno (ou mesmo a Terra), não veremos o céu; se aceitarmos o  Céu, não conseguiremos reter nem mesmo a menor e mais íntima lembrança do inferno" p.16

" No final das contas , existem apenas dois tipos de pessoas: as que dizem a Deus: " Seja feita a  TUA vontade"; e aquelas que Deus diz: "Seja feita a sua vontade." p.88

O próprio escritor-narrador, no final do livro, se vê diante de uma cena, onde o mesmo deve escolher o seu futuro para a Eternidade.  Eis uma pequena citação: " A escolha dos caminhos está a sua frente. Não há nada restrito. Qualquer homem pode escolher a morte Eterna e os que fizeram essa opção  vão tê-la." p.143.
E aqui lembramos de alguns palavras do meu mestre Jesus Cristo: "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem." - Mateus 7:13,14.
E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. João 17:3
(E algumas outras frases sobre a vida Eterna no livro de João: 3:16; 3:36; 6:47,68; etc)

Para não me estender mais, já que a resenha ficou um pouco extensa, rs. "O Grande Abismo", se tornou uns dos meus livros favoritos do C.S. Lewis, ao lado do " Cristianismo Puro e Simples" e " As crônicas de Nárnia".  Recomendo demais para os apreciadores de C.S. Lewis e para os que curtem uma leitura mais espiritual.

 
;