domingo, 26 de abril de 2015 0 comentários

DNA ROCK- Resenha


Em meio aos inúmeros shows de grande porte como o Monsters of Rock e Abril pro Rock. Em terras nordestinas aconteceu mais um evento underground, onde alguns os headbangers dispostos a apoiar a cena local independente, compareceram e fizeram o show acontecer.

Estamos falando do  primeiro DNA ROCK que aconteceu na cidade de Campina Grande, Paraíba, ás 16hrs, na sab do bairro da Bela Vista. No dia 25 de Abril. Nesse evento underground, se apresentaram duas bandas: Sacra (Heavy Metal) e Alcatraz (Rock Alternativo).

O show começou com a banda SACRA. Fazendo seu primeiro show, executando o seu Heavy Metal de boa qualidade. Coverizando alguns clássicos de algumas bandas lendárias do underground e do Heavy Metal nacional, a banda proporcionou ao público presente, um tributo ao metal nacional.

SACRA abriu o show com o clássico "Noite do Rock" do Salário Mínimo, de início já pude notar uma boa energia que a banda passava para a galera, ao cantar a estrofe da música: "Vai deixar o Rock, queimar em você."

Em seguida, a banda apresentou sua ideologia ao executar clássicos da cena cristã, tais como: Mais que Vencedores, Espelhos Mágicos, Davi (Oficina G3), Extra-Extra, Apocalipsenow (Katsbarnea), Jerusalém (Metal Nobre), seguido de um clássico do metal internacional, coverizando a música do Megadeth "Symphony of Destruction".

A energia era empolgante,  e se teve uma parte do show que mais marcou a noite de alguns headbangers presentes, (inclusive esse que vos escreve), foi a homenagem ao grande ícone do heavy metal brasileiro, o grande Percy Weiss, vocalista das bandas: Harppia, Made in Brazil, entre outras, que infelizmente partiu desse mundo, na semana passada.  Ao executar o clássico "Na calada da noite" do Harppia, o Sacra fez os headbangers fãs do Harppia se emocionarem e cantar juntos com a banda do início ao fim.

Encerrando o show, a banda tocou sua música  autoral: "Christian Heavy Metal". Que de imediato o refrão grudou na mente dos headbangers cristãos presentes. "Christian Heavy Metal, lutando pela fé, pelo metal.". Essa música com certeza irá marcar o underground cristão de Campina Grande.

O primeiro show da banda SACRA foi em grande estilo, acredito seriamente no potencial musical da banda. Forças Guerreiros.  E aqui venho também parabenizar a banda ALCATRAZ pela apresentação, ao executar o mais variado repertório desde o rock nacional (Engenheiros do hawaii, Chico Science) ao clássicos internacionais (Led Zeppelin e System of Down) e as suas músicas autorais, que deram continuidade a essa grande noite de muito rock e metal. Também quero parabenizar a equipe da organização do evento, pois sabemos que fazer evento underground, não é fácil. Mas continuem na luta, guerreiros. O evento no geral, apesar de ter um pequeno público, foi  muito bom, e uma prova que no underground é possível sim, unir varias ideologias e sons, mantendo o respeito a liberdade de expressão dentro do ROCK/METAL. Foi uma  noite que com certeza marcou os headbangers campinenses que se fizeram presentes.
Estamos ansiosos pelos próximos eventos. Vida longa a cena underground nacional.
segunda-feira, 6 de abril de 2015 0 comentários

Cristo morreu por todos individualmente.



Rejeitamos qualquer teologia que queira diminuir o sacrifício de Cristo.  Dizendo que Cristo não morreu por todos. 


Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento. Lucas 5:32


O nosso salvador morreu por todos individualmente. 

E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. 1 João 2:2

"E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou." 2 Coríntios 5:15. 


Porque para isto trabalhamos e somos injuriados, pois esperamos no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis. 1 Timóteo 4:10

Ele morreu pelo falsos profetas:

E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. 2 Pedro 2:1

Cristo é o segundo Adão.

Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.  Romanos 5:18

Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.

Romanos 10:13

E como disse o C.S Lewis:

Ele pode dar atenção infinita a cada um de nós. Nunca teve de nos tratar como a uma massa. Você está sozinho na companhia dele como se fosse o único ser que ele tivesse criado. Quando Cristo foi crucificado, ele morreu por você, individualmente, como se você fosse o único homem da Terra. — C.S. Lewis

domingo, 26 de abril de 2015

DNA ROCK- Resenha


Em meio aos inúmeros shows de grande porte como o Monsters of Rock e Abril pro Rock. Em terras nordestinas aconteceu mais um evento underground, onde alguns os headbangers dispostos a apoiar a cena local independente, compareceram e fizeram o show acontecer.

Estamos falando do  primeiro DNA ROCK que aconteceu na cidade de Campina Grande, Paraíba, ás 16hrs, na sab do bairro da Bela Vista. No dia 25 de Abril. Nesse evento underground, se apresentaram duas bandas: Sacra (Heavy Metal) e Alcatraz (Rock Alternativo).

O show começou com a banda SACRA. Fazendo seu primeiro show, executando o seu Heavy Metal de boa qualidade. Coverizando alguns clássicos de algumas bandas lendárias do underground e do Heavy Metal nacional, a banda proporcionou ao público presente, um tributo ao metal nacional.

SACRA abriu o show com o clássico "Noite do Rock" do Salário Mínimo, de início já pude notar uma boa energia que a banda passava para a galera, ao cantar a estrofe da música: "Vai deixar o Rock, queimar em você."

Em seguida, a banda apresentou sua ideologia ao executar clássicos da cena cristã, tais como: Mais que Vencedores, Espelhos Mágicos, Davi (Oficina G3), Extra-Extra, Apocalipsenow (Katsbarnea), Jerusalém (Metal Nobre), seguido de um clássico do metal internacional, coverizando a música do Megadeth "Symphony of Destruction".

A energia era empolgante,  e se teve uma parte do show que mais marcou a noite de alguns headbangers presentes, (inclusive esse que vos escreve), foi a homenagem ao grande ícone do heavy metal brasileiro, o grande Percy Weiss, vocalista das bandas: Harppia, Made in Brazil, entre outras, que infelizmente partiu desse mundo, na semana passada.  Ao executar o clássico "Na calada da noite" do Harppia, o Sacra fez os headbangers fãs do Harppia se emocionarem e cantar juntos com a banda do início ao fim.

Encerrando o show, a banda tocou sua música  autoral: "Christian Heavy Metal". Que de imediato o refrão grudou na mente dos headbangers cristãos presentes. "Christian Heavy Metal, lutando pela fé, pelo metal.". Essa música com certeza irá marcar o underground cristão de Campina Grande.

O primeiro show da banda SACRA foi em grande estilo, acredito seriamente no potencial musical da banda. Forças Guerreiros.  E aqui venho também parabenizar a banda ALCATRAZ pela apresentação, ao executar o mais variado repertório desde o rock nacional (Engenheiros do hawaii, Chico Science) ao clássicos internacionais (Led Zeppelin e System of Down) e as suas músicas autorais, que deram continuidade a essa grande noite de muito rock e metal. Também quero parabenizar a equipe da organização do evento, pois sabemos que fazer evento underground, não é fácil. Mas continuem na luta, guerreiros. O evento no geral, apesar de ter um pequeno público, foi  muito bom, e uma prova que no underground é possível sim, unir varias ideologias e sons, mantendo o respeito a liberdade de expressão dentro do ROCK/METAL. Foi uma  noite que com certeza marcou os headbangers campinenses que se fizeram presentes.
Estamos ansiosos pelos próximos eventos. Vida longa a cena underground nacional.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Cristo morreu por todos individualmente.



Rejeitamos qualquer teologia que queira diminuir o sacrifício de Cristo.  Dizendo que Cristo não morreu por todos. 


Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento. Lucas 5:32


O nosso salvador morreu por todos individualmente. 

E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. 1 João 2:2

"E ele morreu por todos para que aqueles que vivem já não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou." 2 Coríntios 5:15. 


Porque para isto trabalhamos e somos injuriados, pois esperamos no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, principalmente dos fiéis. 1 Timóteo 4:10

Ele morreu pelo falsos profetas:

E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. 2 Pedro 2:1

Cristo é o segundo Adão.

Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.  Romanos 5:18

Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.

Romanos 10:13

E como disse o C.S Lewis:

Ele pode dar atenção infinita a cada um de nós. Nunca teve de nos tratar como a uma massa. Você está sozinho na companhia dele como se fosse o único ser que ele tivesse criado. Quando Cristo foi crucificado, ele morreu por você, individualmente, como se você fosse o único homem da Terra. — C.S. Lewis
 
;