sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

As I Lay Dying: audiência de vocalista é adiada.



O vocalista do As I Lay Dying, Tim Lambesis, esteve em uma corte da Califórnia na manhã de ontem, para uma audiência em relação às suas acusações de supostamente tentar contratar um assassino para matar sua esposa. O propósito desta audiência pré-julgamento, é para o conselho de defesa e a acusação discutirem o caso e ver se ele pode ser resolvido com um acordo.
De acordo com o Lambgoat, Lambesis estava presente na corte, como requerido, mas não foi chamado para depor. Foi mais tarde anunciado que qualquer procedimento futuro seria adiado até 6 de fevereiro. A acusação afirmou que os procedimentos foram adiados para "futuras negociações". Isso pode afirmar que ambos os lados possam estar tentando um acordo, o que iria evitar um julgamento.
Em adição a estas acusações criminais. Lambesis também está enfrentando um processo civil, preenchido por sua afastada esposa, Meggan. Ela supostamente pediu por US$1 milhão por danos morais e US$ 25.000 para despesas médicas, além de US$ 75.000 para futuros gastos com médicos e outros US$ 1 milhão de indenização.
Uma audiência separada vai ser marcada para revisitar a ordem de restrição contra seu marido. Ela preencheu o divórcio e a próxima audiência deste caso está marcada para 16 de abril.

Fontes: Wiplash

0 comentários:

Postar um comentário

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

As I Lay Dying: audiência de vocalista é adiada.



O vocalista do As I Lay Dying, Tim Lambesis, esteve em uma corte da Califórnia na manhã de ontem, para uma audiência em relação às suas acusações de supostamente tentar contratar um assassino para matar sua esposa. O propósito desta audiência pré-julgamento, é para o conselho de defesa e a acusação discutirem o caso e ver se ele pode ser resolvido com um acordo.
De acordo com o Lambgoat, Lambesis estava presente na corte, como requerido, mas não foi chamado para depor. Foi mais tarde anunciado que qualquer procedimento futuro seria adiado até 6 de fevereiro. A acusação afirmou que os procedimentos foram adiados para "futuras negociações". Isso pode afirmar que ambos os lados possam estar tentando um acordo, o que iria evitar um julgamento.
Em adição a estas acusações criminais. Lambesis também está enfrentando um processo civil, preenchido por sua afastada esposa, Meggan. Ela supostamente pediu por US$1 milhão por danos morais e US$ 25.000 para despesas médicas, além de US$ 75.000 para futuros gastos com médicos e outros US$ 1 milhão de indenização.
Uma audiência separada vai ser marcada para revisitar a ordem de restrição contra seu marido. Ela preencheu o divórcio e a próxima audiência deste caso está marcada para 16 de abril.

Fontes: Wiplash

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
;